cro

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

[Livro] O Plano de Miss Fairbourne, de Madeline Hunter


Título Original: The Surrender of Miss Fairbourne
Título em Português: O Plano de Miss Fairbourne
Série: O Quarteto Fairbourne #1
Autor(a): Madeline Hunter
Editora: Edições Asa
Páginas: 416
Data de Publicação: 6 de Setembro de 2015

buy the book from The Book Depository, free delivery
Sinopse:
Um negócio gerido por uma mulher? Em 1798? Parece impossível! Mas é esse mesmo o plano de Emma Fairbourne após a morte do pai. Apesar de saber que se trata de uma jogada arriscada, ela está disposta até a contratar um belo e encantador homem para servir de disfarce, tudo para manter vivo o legado da leiloeira Fairbourne’s... Só que o patriarca Maurice Fairbourne tinha um sócio desconhecido, Darius, o Conde de Southwaite. Darius é um homem habituado a ter o que quer e sem o menor interesse em gerir uma leiloeira, muito menos uma (desconfia ele) envolta em escândalos que poderiam arruinar a sua reputação. Não contava era com a vontade férrea de Emma, cuja frontalidade é simultaneamente exasperante e sensual. Darius decide tentar então uma nova abordagem, que não só fará com que ela se renda a ele, mas proporcionará imenso prazer a ambos...

Opinião:
Mais um livro da Madeline Hunter para a colecção. Gosto muito da escrita desta autora, e este livro manteve a qualidade a que me habituei, com uma capa de cores suaves e sedutora.

A história traz-nos uma premissa invulgar, uma mulher a tentar gerir uma leiloeira numa época em que não se viam mulheres a gerirem algo que não fosse a sua própria casa.

Uma das partes que mais gostei foi quando a Emma Fairbourne, após despedir um empregado de quem não era particularmente fã, decide, com a ajuda da sua melhor amiga Cassandra (que tem um passado e família algo duvidosos, ligado à prostituição/sedução) escrever um anúncio para um empregado que mais parece…bem, mais parece alguém que ela queria que lhe aquecesse a cama à noite e não alguém que fosse ser apresentado aos nobres da sociedade londrina que estivessem interessados em artigos que a leiloeira vendesse.

Este anúncio acaba por gerar alguma tensão extra entre Emma e o nosso protagonista masculino, Darius. Como sócio silencioso (alguém que não dá a cara numa parceria), Darius tenta não se meter demasiado nos negócios da leiloeira, mas quando percebe que Emma vai tomar o controlo e começa a contratar empregados de uma maneira pouco convencional, ele percebe que algumas coisas terão de mudar.

O problema aparece quando se percebe que a leiloeira não era tão legal quanto devia ser – algo que suspeitamos desde o início mas Emma não sabia e Darius apenas suspeitava que poderia existir ali algo que não devia lá estar.

Com uma intriga interessante, personagens cativantes e que nos deixam a querer mais e mais, O Plano de Miss Fairbourne leva-nos de volta ao glamour e enredo a que Madeline Hunter já nos habituou, com todos os toques necessários para uma leitura agradável e momentos bem passados, com sorrisos e exclamações de contentamento.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.