cro

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

[Filme] Star Wars: Episode VI - Return of the Jedi, de Richard Marquand


Título Original: Star Wars: Episode VI - Return of the Jedi
Título em Português: Guerra das Estrelas: Episódio VI - O Regresso de Jedi
Realização: Richard Marquand
Argumento: Lawrence Kasdan & George Lucas (screenplay); George Lucas (story)
Elenco Principal: Mark Hamill, Harrison Ford, Carrie Fisher
Ano: 1983 | Duração: 134 mins
Sinopse:
o espectacular capítulo final da saga Star Wars, Luke Skywalker e a Princesa Leia têm de ir a Tatooine para libertarem Han Solo, infiltrando-se na fortaleza imunda de Jabba the Hutt, o mais temido vilão da galáxia. Novamente unidos, os Rebeldes juntam forças com as tribos de Ewoks para enfrentarem as forças imperiais na lua floresta de Endor. Entretanto o Imperador e Darth Vader conspiram de forma a trazer Luke para o lado negro, mas o jovem Skywalker está determinado em honrar o espírito Jedi, que viveu no seu pai. A Guerra Civil Galáctica, culmina numa última grande batalha, enquanto as forças Rebeldes se reúnem para atacar a indefesa e incompleta segunda Estrela da Morte, numa batalha que vai determinar o destino da galáxia.

Opinião:
Acho que não tenho muito a acrescentar ao que já disse em relação aos filmes da trilogia original de Star Wars da qual Star Wars: Episode VI - Return of the Jedi é o filme que culmina esta primeira trilogia e que fá-lo de forma extraordinária. A este ponto posso dizer que foi o que mais gostei, porque houve mais inclusão dos vários lados da guerra, mas acho-os todos ao mesmo nível e funcionam bem como um todo que são.



A magia de Star Wars e o facto de se ter tornado num clássico do cinema está na novidade, na inteligência, na criatividade e mais do que isso na consistência. Em Star Wars temos a introdução de uma galáxia cheia de planetas diferentes, criaturas, espécies e personalidades diferentes. Para a altura em que foi criada esta trilogia tudo era novidade e tecnologia de ponta, mas ainda hoje, quando muitos dos efeitos são rudimentares e talvez até um pouco obsoletos e ridículos, eles continuam a deixar-nos deslumbrados. As faltas de lógica em algumas sequências são perdoadas pelo projecto no seu todo que é extraordinário.

Já tinha visto os dois filmes anteriores mais do que uma vez, mas este nunca, e gostei. Posso dizer, agora oficialmente, que sou fã de Star Wars.

Que venha a prequela.

(nice touch... mudarem o antigo Anakin Skywalker (Sebastian Shaw) pelo novo (Hayden Christensen)
assim fazendo a ligação entre as duas trilogias)


Sem comentários:

Enviar um comentário

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.