cro

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

[Livro] The Bed Wife, de Suzanna Lynn


Título Original: The Bed WIfe
Título em Português: --
Série: The Bed wife Chronicles #1
Autor(a): Suzanna Lynn
Editora: Amazon Digital Services
Páginas: 130
Data de Publicação: 21 de Janeiro de 2015
Sinopse:
The Bed Wife Chronicles: Love brought them together. Would tradition tear them apart? Once inseparable childhood friends, Luana and Baylin are now grown and in two separate worlds. Luana, the daughter of the town drunk, overlooks her family's goat farm to make ends meet. Baylin, Prince and future King of Grasmere, is off combatting the veils that lurk in the Kingdom. However, fate intercedes with a time-honored tradition that has been custom for the past five hundred years. Luana's life is now forced into the hands of her long-lost childhood friend. Will resentment, hurt, and duty consume them? Or will Luana and Baylin find love and rekindle their friendship?
~ Recebemos este livro via Goodreads. Obrigada! ~

Opinião:
Não tenho muito a dizer sobre este pequeno livro. Não achei nada de extraordinário, não gostei da premissa da história, de lenda pela qual a sociedade do livro se rege: um nobre pode escolher qualquer rapariga plebeia a partir de uma certa idade para ser a sua “bed wife”, além de ter a sua esposa.

Temos o típico príncipe que se apaixona pela plebeia e que não pode ficar com ela e que decide então tê-la como bed wife, para poderem estar juntos em parte. Mas acaba por não fazer amor com ela porque a respeita e quer dar-lhe uma vida melhor no palácio. No fim, lá acabam por ir para a cama, mas toda a história tem uma falta de substância imensa.

A escrita não é má, o livro acaba por ser fluído e até poderia ser uma história amorosa, como suspeito que a autora tente fazer com os próximos livros (serei a única a ter certezas que o príncipe e a plebeia no fim casam-se e serão rei e rainha?).

Não tenho nada contra livros previsíveis, como se pode ver pelos meus gostos literários, mas este simplesmente não me agradou porque não gosto da perspectiva que dá sobre as mulheres.
No entanto, não posso dizer que seja um “mau” livro, daí não dar menos que esta classificação.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.