cro

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

[Filme] Bridge of Spies (2015), de Steven Spielberg

 Ler em Português      Read in English


Título em Português: A Ponte dos Espiões
Realização: Steven Spielberg
Argumento: Matt Charman, Ethan Coen & Joel Coen
Elenco Principal: Tom Hanks, Mark Rylance, Alan Alda
Ano: 2015 | Duração: 2h 22min
Sinopse:
A história de James Donovan, um advogado americano encurralado no centro da Guerra Fria, quando a CIA envia-o numa missão quase impossível de negociar a libertação de um piloto Americano U-2, que se encontra detido na União Soviética.


Opinião:
Que Steven Spielberg é um excelente realizador ninguém pode negar. Spielberg sabe bem que tipo de filmes quer realizar e como transformar uma ideia em algo extraordinário. Bridge of Spies é um exemplo disso, no entanto, foi um filme que me soube a pouco, em parte, porque o tema, sinceramente, não é algo que me atraia muito e Tom Hanks não é dos meus actores favoritos – ele faz sempre o mesmo tipo de personagem (com raras excepções), o que faz com que nunca haja o factor-surpresa.

Bridge of Spies foca-se na personagem real de James B. Donavon (Tom Hanks), um advogado ligado às seguradoras a quem foi incumbido o trabalho de defender um espião russo. A intensidade com que esta personagem faz o seu trabalho é extraordinária e saber que se trata de um filme baseado em factos reais (ou pelo menos em pessoas reais) torna tudo ainda mais impactante - estamos na altura da Guerra Fria onde as tensões entre os Americanos e os Soviéticos estavam no nível máximo.

A humanidade com que Donavon tratou Rudolf Abel (Mark Rylance) – o agente soviético – é impressionante e contrasta bastante com a vontade falsa do estado americano de ter um julgamento justo. A nomeação de Donavon como advogado de defesa para Abel é apenas fachada porque já está tudo decidido, mas James B. Donavon leva o seu trabalho a sério e não baixa os braços. A persistência deste homem é de admirar: a força e a moral de levar tudo até ao final tornam ainda mais evidente a falsidade dos ideais, ditos, americanos de liberdade, igualdade e justiça.


A direcção de fotografia deste filme também está de parabéns. O contraste de tons entre América e Alemanha é bastante marcante e esta última impressiona pelas paisagens cheias de neve, fazendo-nos sentir tanto frio como as personagens.

Bridge of Spies é claramente um filme de Spielberg e nota-se a mão dos irmãos Cohen no argumento. Um bom filme, de facto, mas que para mim soube a pouco, mas que perdeu, essencialmente, devido ao meu pouco interesse nestes filmes sobre a Guerra Fria e outros que tais.


2 comentários:

  1. Já havia marcado este filme para ver, então é bom saber que pelo menos é um bom filme para se assistir.

    Beijos
    anotacoesliterarias.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para mim não me cativou muito, mas quem tem interesse em temas mais políticos (não romances) relacionados com guerra é capaz de gostar bastante deste filme.

      - Carla

      Eliminar

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.