cro

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

[Livro] Endless Worlds Anthology - vol.I

Ler em Português Read in English


Título em Português: --
Série: --
Autor(a): E.R. Robin Dover, S.J. Bryant, James Peters, Matthew Wright, Ken Mann, K.C. May & Peter Koevari
Editora: Endless Worlds Publications
Páginas: 235
Data de Publicação: 13 de Novembro de 2015
Sinopse:
A FANTASY, SCIENCE FICTION, AND HORROR ANTHOLOGY featuring seven short stories by well-received authors. They may scare you, thrill you, and capture your imagination. If you enjoy high-quality short stories that will excite you, then this is for you!
~ Recebemos o eARC directamente do autor Peter Koevari. Thank you! ~

Opinião:
Terror, ficção científica e fantasia são alguns dos géneros que mais gosto de ler, e por isso, Endless Worlds Anthology – vol.I era uma boa aposta. Peter Koevari (de quem li a sua trilogia “Legends of Marithia”, podem ver as minhas críticas aqui) enviou-me esta antologia para ler e escrever esta crítica de forma sincera, como faço sempre.

1) The Trees, de E. R. Robin Dover (Terror) ★★
Este conto prometia ser minimamente interessante, mas não me cativou o suficiente. Achei aborrecida e algo repetiviva. Foi o conto que menos gostei e como sendo o primeiro custou-me a entrar no livro em si.

2) The Unconnected, de S.J. Bryant (Ficção Científica/Cyberpunk) ★★★★
Gostei imenso da ideia. Confesso que estes temas são dos que mais gosto dentro deste género. Muito bem escrito, interessante e cativante – do início ao fim – que nos deixa a pensar e a interrogar. Uma espécie de Matrix bastente bem conseguido e com uma personagem muito bem construída e fascinante. O twist final foi extraordinário. Gostaria de ler este conto numa forma mais desenvolvida.

3) Carbon to Carbon, James Peters (Ficção Científica) ★★★
Quando comecei a ler este conto achei que não iria gostar; a personagem não me dizia nada e pensei que não fosse o meu estilo. Mas estava enganada. A estória desenvolveu tal forma que fui ficando cada vez mais interessada e surpreendeu-me pela positiva. Continua a não ser o mesmo estulo de leitura, mas gostei deste em particular.

4) Missionary, de Matthew Wright (Ficção Científica) ★★½
Não sei o que escrever sobre este conto. Claramente melho que The Trees, mas nada por aí além . Não criei qualquer empatia por nenhuma das personagens. A escrita é satisfatória, mas para mim é indiferente. Achei aborrecido.

5) Ravens Nest, de Ken Mann (Fantasia/Terror) ★★★½
Um começo cliché, mas que se desenvolveu em algo muito mais interessante. Bem escrito e uma estória de terror típica, mas que conseguiu manter-me curiosa e com vontade de continuar a ler. Um dos favoritos.

6) The Awakening, de K.C. May (Ficção Científica) ★★★★½
Wow! Começa incrivelmente bem e termina ainda melhor. Conto muito bem escrito e bem desenvolvido. Devorei este conto! Gostei de todo o lado científico e futurista, mas também da lição de moral. Uma forma interessante de falar de doenças mentais e nos seus possíveis desenvolvimentos científicos. Favorito!

7) Dusted Dreams, de Peter Koevari (Terror/Ficção Científica) ★★★★½
Com pequenas semelhanças ao filme The Martian (uma vez que não li o livro, não me vou pronunciar nesse aspecto), o conto de Peter Koevari tem tudo para se tornar numa estória incrível. A escrita a que estou habituada não desiludiu e tornou este conto ainda mais interessante. Decididamente, vou querer ler o seguimento desta estória (o autor já disse que este conto se trata de uma espécie de prequela para um futuro livro, como podem ver na entrevista que o blog lhe fez aqui.) Quero entender mais sobre estes aliens, zombies e sobre o vírus. Excelente conto.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.