cro

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

[Livro] His Wicked Reputation, de Madeline Hunter


Título Original: His Wicked Reputation
Título em Português: --
Série: Wicked Trilogy #1
Autor(a): Madeline Hunter
Editora: Jove
Páginas: 432
Data de Publicação: 3 de Março de 2015

buy the book from The Book Depository, free delivery
Sinopse:
She was a sensible woman. He was a man who could drive a woman senseless with desire. Gareth Fitzallen is celebrated for four things: his handsome face, his notable charm, his aristocratic connections, and an ability to give the kind of pleasure that has women begging for more. Normally he bestows his talents on experienced, worldly women. But when he heads to Langdon’s End to restore a property he inherited—and to investigate a massive art theft—he lays plans to seduce a most unlikely lady. Eva Russell lives a spinster’s life of precarious finances and limited dreams while clinging to her family’s old gentry status. She supports herself by copying paintings while she plots to marry her lovely sister to a well-established man. Everyone warns her of Gareth’s reputation, and advises her to lock her sister away. Only it is not her sister Gareth desires. One look, and she knows he is trouble. One kiss, however, proves she is no match for this master of seduction.

Opinião:
Arte, romance, protagonistas fortes – a receita para um bom livro.

Eva é uma artista bastante boa, que só é reconhecia pelas suas cópias de grandes obras (mesmo assim não recebe quase dinheiro nenhum por elas). Gareth é um homem da nobreza que lida com arte e colecções privadas. Era praticamente impossível não se cruzarem quando Gareth se muda para a mesma pequena vila que Eva.

Eva não tem amigos, além da sua irmã, e isso faz com que se sinta bastante sozinha. E vai ser em Gareth que ela vai encontrar alguém (fora da sua família) que pode mesmo chamar de amigo. E acho que isso é o que vale mais, em grande parte, neste livro. O amor que se desenrola entre estas duas personagens floresce de uma amizade, de uma confiança e carinho que nos agrada ver crescer.

Gostei particularmente que Gareth não duvidasse de Eva, que acreditasse nela, no matter what - já ando um bocado farta de livros em que o problema que impede o happy ending são as eternas desconfianças e traições- mesmo quando tudo poderia indicar o contrário. E porquê? Novamente porque eles são mais que amantes, ou apaixonados, são amigos que desenvolveram uma confiança mútua devido às suas acções.

Temos mais duas personagens interessantes, que são as irmãs Neville. Estas duas senhoras mostram (e dizem) à irmã de Eva coisas que poderiam ser menos respeitáveis, não fosse elas serem acima de tudo estudiosas – ao contrário da irmã de Eva. Quando tentam travar conhecimento com Eva, esta acaba por se aperceber que elas não são tão escandalosas quanto ela pensava e sugerem que, como artista, Eva deveria estudar a forma humana com um verdadeiro modelo. Eva não gosta da ideia, mas acaba por escolher ela própria desenhar Gareth, enquanto ele dorme. Incluo aqui este pormenor porque adorei a descrição dos desenhos: eram vívidos, imagens que eram tão facilmente criadas na minha imaginação que não resisti a mencionar.

Para terminar, porque custa-nos escrever mais sobre os livros que gostamos do que sobre os que não gostamos, foi um livro rápido, querido e amoroso, com amizade, amor, quadros roubados, mistério (que nós acabamos por resolver rapidamente, mas mesmo assim), todos os ingredientes que fazem deste livro uma história a reler. Ah, e já referi que vamos ter as histórias dos irmãos de Gareth? Só para vos aguçar a curiosidade, já comecei também o segundo livro, em breve deverei ter mais novidades :)

2 comentários:

  1. a coisa que odeio profundamente neste tipo de livros é a tipica donzela em apuros que é a nossa protagonista mas se tu dizes que são ambos fortes... há que ver isso ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ela tem alguns problemas monetários, mas é ela que resolve tudo, ele quando chega até vai é estragar em parte o negócio dela :p

      Mas corre bem, no fim, cada um à sua maneira :)

      Eliminar

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.