cro

domingo, 6 de dezembro de 2015

[Livro] Um Conde Apaixonante, de Sarah MacLean


Título Original: One Good Earl Deserves a Lover
Título em Português: Um Conde Apaixonante
Série: The Rules of Scoundrels #2
Autor(a): Sarah MacLean
Editora: Topseller
Páginas: 352
Data de Publicação: 9 de Novembro de 2015

buy the book from The Book Depository, free delivery
Sinopse:
Lady Philippa Marbury, ou Pippa, é… estranha. É jovem, bela e filha de um marquês respeitado da sociedade, mas interessa-se por livros em vez de rapazes, por ciência em vez de passeios, e por laboratórios em vez de amor. O seu plano é casar-se em breve com o seu noivo, um homem simples, e viver o resto dos dias em sossego com os seus cães e as suas experiências científicas. Mas antes do casamento, Pippa tem duas semanas para experimentar tudo o resto. Quinze dias para fazer pesquisa sobre as partes excitantes da vida. Não é muito tempo e, para o fazer, precisa de um guia que esteja familiarizado com os recantos mais obscuros de Londres. Ela precisa de Cross: o sócio da casa de jogo mais exclusiva da cidade, e que tem fama de ser o maior conhecedor do mundo do vício e dos prazeres. Mas a fama muitas vezes esconde segredos negros, e quando a nada convencional Pippa lhe pede que lhe arruíne a reputação, isso vai ameaçar tudo o que ele sempre se esforçou por proteger.

Opinião:
É tão bom ler um livro onde a personagem principal é parecida connosco. Pippa é adorável, com os seus óculos, a sua beleza fora do comum, a sua inteligência e astúcia.

Este livro está cheio de passagens secretas, segredos escondidos, e como no anterior, Chase, o membro mais secreto e raramente visível do clube do Anjo, volta a fazer uma pequena aparição com um mimo para Pippa que, a meu ver, torna Chase ainda mais interessante (e querido) do que já era. Agora que penso nisto…e não querendo fazer demasiadas comparações, Chase é como a Parker, dos livros Quarteto de Noivas da Nora Roberts. Ele é aquele amigo que os junta a todos e que todos têm um imenso respeito por ele.

Voltando ao livro em causa, Cross, o nosso protagonista masculino, é um dos sócios do Anjo, o clube de jogo mais exclusivo da cidade de Londres no início do século XIX. Enquanto que no primeiro livro desta série a perdição do protagonista tinha sido as cartas, aqui são os dados. E vai ser dados que Cross vai jogar com Pippa (depois de muitas vezes recusar fazê-lo, ela lá o convence.).

Para Pippa, tudo tem de ser explicado. Ela gosta de saber como as coisas funcionam, gosta de ler e aprender e quando se vê confrontada com algo que apenas uma dama casada saberia, Pippa decide que, antes de casar, quer saber o que deve fazer na sua noite de núpcias, pois não quer errar – ela acha que sendo “estranha” e já sendo tão diferente da maior parte das jovens da sua idade, tem de fazer pelo isto bem. Nada melhor que ir falar com um dos solteiros mais conhecidos como sendo um sedutor irresistível.

Gostei imenso da atitude do Cross ao longo do livro (talvez um pouco possessivo de mais, mas isso ultrapassa-se), desde os seus olhares para Pippa e da sua explicação do porquê de ele gostar dela – ele não a vê só como sendo “linda”, mas vê verdadeiramente como ela é: uma mulher que, apesar de não se enquadrar no mundo da sociedade londrina da época, enquadra-se no mundo dele. Para ele, tudo o que ela considera “estranho” (e ela considera-se assim por comparação com as outras pessoas – nunca aprendemos que não nos devemos comparar, não é?) é atraente de algum modo, seja porque ele é um bom contabilista mas ela ainda é melhor, seja pela sua visão diferente do mundo, seja pela sua audácia, entre outras qualidades.

Sinceramente, gostei muito mais deste livro que do primeiro da série, principalmente por causa de Pippa, como já referi. Foi um livro que me prendeu do início ao fim e que me deixou ainda mais ansiosa por ler os próximos, principalmente o de Chase.


• Um marquês irresistível (The Rules of Scoundrels #1) (Joana)

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Como digo, recomendo muito mais este que o primeiro, mas (talvez é pena mas pronto) ler este sem o primeiro não seria tão bom :/

      E vi nas tuas Crónicas que leste o Dark Fever, também gostava de ler, parece ser o meu género de livro :)

      Ah e a série Study parece ser bem gira! :D

      Eliminar

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.