cro

sábado, 19 de dezembro de 2015

[Livro] A rapariga do lago, de Carina Rosa


Título Original: A rapariga do lago
Título em Português: --
Série: --
Autor(a): Carina Rosa
Editora: Smashwords
Páginas: 50
Data de Publicação: 12 de Setembro de 2015
Sinopse:
Luísa é uma adolescente introvertida, dividida entre a paixão que sente pela arte e a carreira em medicina que os pais sonham para ela. Atormentada pela ideia de que partirá, em breve, para Praga, passa os seus dias a desenhar, inspirada pela música de um violino. Luísa está curiosa quanto à identidade do violinista que a inspira, mas o seu interesse parece redobrar quando conhece Luís. Ele é inesperado: vive isolado dentro da música que toca, escondendo-se do seu passado trágico e de um mundo preconceituoso. Os seus destinos vão unir-se na solidão e no amor à arte. E é ao som dos acordes do violino e por detrás de folhas de papel em branco que os dois vão viver uma paixão improvável. Uma novela sobre o primeiro amor, o preconceito e o talento, bem como a importância da carreira e das escolhas que fazemos.

Opinião:
Foi a primeira vez que li algo desta autora portuguesa e tinha ouvido falar bastante bem dela e foi com algumas expectativas que comecei este conto.

Passado durante a adolescência das personagens, este é conto um pouco típico, talvez com um pouco de drama a mais numa história tão curta (mas não se enganem, não critico o tamanho – os contos desta autora provam que em poucas páginas se pode escrever algo com cabeça, pés e corpo).

Gostaria que talvez as personagens fossem um pouco mais desenvolvidas, que durante as tardes de Luísa e Luís mostrassem mais de si, que soubéssemos o porquê da Andreia, a amiga da Luísa, se “agarrar” tanto ao ex-namorado e necessitar tanto de se sentir amada – mesmo que mal-amada.

A Luísa teve a coragem que falta a alguns de nós, conseguiu impor-se, por si e pela sua felicidade, tentou ajudar a amiga mas acima de tudo percebeu-se que quem não quer ser ajudado e não quer ver, nunca verá nem nunca aceitará a ajuda de outros.

Ao contrário de outras histórias de outros autores, neste conto consegui ver perfeitamente as personagens portuguesas, enquadradas no seu meio e sociedade actuais, com um toque de credibilidade incrível. Ainda que tenha sido algo interessante e fofo, foi talvez um pouco desapontante por causa das expectativas.

Gostei particularmente da escrita da Carina e planeio ler mais dos seus contos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.