cro

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Especial Halloween | [Livro] Winter Queen, Amber Argyle



Título Original: Winter Queen
Título em Português: --
Série: Fairy Queens #1
Autor(a): Amber Argyle
Editora: Starling Publishing
Páginas: 254
Data de Publicação: 19 de Junho de 2013

buy the book from The Book Depository, free delivery
Sinopse:
Becoming a winter queen will make Ilyenna as cold and cruel and deadly as winter itself, but it might be the only way to save her people from a war they have no hope of winning.Mortally wounded during a raid, seventeen-year-old Ilyenna is healed by winter fairies who present her with a seductive offer: become one of them and share their power over winter. But that power comes with a price. If she accepts, she will become a force of nature, lose her humanity, and abandon her family.Unwilling to pay such a high price, Ilyenna is enslaved by one of the invaders, Darrien. While in captivity, she learns the attack wasn’t just a simple raid but part of a larger plot to overthrow her entire nation. With the enemy stealing over the mountains and Darrien coming to take her to his bed, Ilyenna must decide whether to resurrect the power the fairies left behind. Doing so will allow her to defeat Darrien and the other invaders, but if she embraces winter, she will lose herself to that destroying power—forever.

Opinião:
Vou fazer algo que não é costume: vou começar pelo fim. Este livro não foi bem o que estava à espera e o fim, apesar de ser algo pelo qual torcíamos ao ler a história, não me agradou particularmente.

Esta é daquelas histórias que temos um verdadeiro vilão que odiamos do início ao fim: este homem é asqueroso, violento, bruto, cruel, tudo de mau que possam imaginar. E é este monstro, que não tem outro nome que, depois de um ataque à cidade da nossa protagonista, a leva para a sua casa por ela não puder pagar um resgate, onde ela descobre mais homens e mulheres do clã vizinho ao seu. Ah, o monstro chama-se Darrien.

Ilyenna, a nossa heróina, foi salva da morte pelas fadas do inverno durante esse mesmo ataque. Fez um acordo com as fadas para que estas a ajudassem, ao verem que esta jovem rapariga poderia ser a sua próxima “Rainha do Inverno”. A antiga rainha tinha sido morta/desaparecido/destruída ao não cumprir o acordo feito com a Rainha do Verão, por nunca se querer retirar quando era a sua altura. Ilyenna compromete-se a ser rainha e a cumprir o acordo se, como tinha dito, as fadas ajudarem, e é neste ponto que a Rainha do Verão também a vai ajudar – e salvar.

Apesar da capa linda, não foi um livro que me tenha agrado particularmente, talvez devido à crueldade que mostra, que me pareceu exagerada – ok, o Darrien é horrível já percebemos! Tem repetições das descrições dos castigos feitos aos prisioneiros que achei excessivas porque eram os mesmos castigos e eram sempre as mesmas descrições.

Ainda assim, Ilyenna e Rome, o seu interesse amoroso, conseguem escapar desta situação de miséria, os seus clãs/famílias são salvos – desculpem mas este é daqueles livros que o fim é algo previsível.

Como disse acima, não gostei do fim…e não achei o livro nada de mais. Tal como o nome indica, Ilyenna tornar-se-á a Rainha do Inverno com todas as suas fadinhas, e segue o conselho que a Rainha do Verão lhe dá para não continuar sozinha – porque ao aceitar ser rainha das fadas (e ao tornar-se uma), perde-se a humanidade – o que não quer dizer que não se possa ter um companheiro algo tanto ou quanto humano.

É com tristeza que dou um rating baixinho, porque acho que esta história tinha bastante potencial e foi mal desenvolvida, com uma escrita que precisava talvez de mais vocabulário descrito, que precisava de desenvolver mais as suas personagens…porque se for bem a ver, sei muito pouco sobre elas.

2 comentários:

  1. Realmente é uma pena, porque a capa prometia muito mais :( beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É não é?! Eu adoro a imagem da capa, as cores, tudo! E depois, puff, uma história tão fraquinha :(
      Mas pode ser que os próximos sejam melhores, quem sabe :)

      Beijinhos :)

      Eliminar

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.