cro

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Especial Halloween | [Livro] O Lago dos Sonhos, de Juliet Marillier



Título Original: Dreamer's Pool
Título em Português: O Lago dos sonhos
Série: Blackthorn and Grim #1
Autor(a): Juliet Marillier
Editora: Planeta
Páginas: 448
Data de Publicação: 1 de Julho de 2015

buy the book from The Book Depository, free delivery
Sinopse:
Em troca de ajuda para escapar a um longo e injusto encarceramento, a amarga curandeira mágica Blackthorn jurou pôr de lado o seu desejo de vingança contra o homem que destruiu tudo o que lhe era querido. Seguida por um companheiro de clausura, um homem grande e silencioso chamado Grim, ela viaja para o norte, rumo a Dalriada. Aqui, viverá na orla de uma misteriosa floresta e terá de cumprir, durante sete anos, a promessa que fez ao seu libertador: aceder a todos os pedidos de socorro que lhe forem dirigidos.
Oran, príncipe herdeiro do trono de Dalriada, esperou com ansiedade a chegada da sua noiva, Lady Flidais. Conhece-a apenas por via de um retrato e da poética correspondência que trocaram entre si e que um dia o convenceu de que Flidais era o seu verdadeiro amor. Oran descobre, porém, que as cartas também mentem, pois, embora igual em aparência à imagem no retrato, a sua noiva vem a revelar-se uma mulher muito diferente da criatura sensível e sonhadora que escreveu aquelas cartas.
Nas vésperas do seu casamento, o príncipe não vê saída para a o seu dilema. Mas corre o rumor de que Blackthorn possui um dom extraordinário para a resolução de problemas espinhosos, e ele pede a sua ajuda. Para salvar Oran das suas insidiosas núpcias, Blackthorn e Grim vão precisar de todos os seus recursos: coragem, engenho, astúcia e talvez até um pouco de magia.

Opinião:
Começo por dizer que gosto muito da Juliet Marillier e adoro as capas dos livros dela! Esta autora consegue criar mundos incríveis de forma tão natural que nós não estranhamos nada nas suas criações paranormais. Este livro, no início fez-me alguma impressão, no bom sentido – se um livro nos faz sentir algo, se mexe connosco é porque está bem escrito. E porque é que me fez impressão? Porque este livro começa numa prisão e a descrição deste local é tão vívida que conseguimos ver o local e quem lá vive na perfeição.

Nesta prisão está a Lady, como Grim lhe chama, está então este homem chamado Grim (apenas assim tratado por Lady – normalmente chamada de “Megera” pelo seu encarcerador “Carrasco”, e pelos outros companheiros de prisão), está o “Lombriga”, o “Estrangulador”, o “Ova de Rã”, o “Baba” e mais uns quantos prisioneiros. Estas pessoas estão aqui presas porque se atreveram a desafiar (ou desagradar) Mathuin, o chefe daquela comunidade, que é um brutamontes, violador, entre muitas outras coisas.

Em paralelo com o que se passa nesta prisão, temos a história do Príncipe Oran, que está a ser forçado pelos pais a casar-se para continuar a linhagem real. Ele começa a corresponder-se com a Princesa Flidais e acaba por se apaixonar pelas suas cartas e pela cadelinha Bramble, que ela descreve como a sua amiga e companheira.

Voltando à história principal, Lady fica contente quando o dia da sua audiência e confrontação se aproxima, pois tem esperanças que o povo a oiça e acredite nela – o que nós suspeitamos desde o início que nunca iria acontecer. É neste ponto que aparecem os “Seres Encantados”.

Os seres encantados são, maioritariamente uma lenda – até que os vemos e apercebemo-nos que são reais. Conmael, um destes seres, aparece a Lady e diz-lhe que a ajuda a escapar daquela prisão se ela 1) viajar para norte, em direcção a Dalriada, 2) durante o caminho, ela tem de ajudar todos os que lhe peçam ajuda – o que ele diz que não será difícil pois Lady, agora com o novo nome de Blackthorn, era uma curandeira e agora voltará a sê-lo.

Quando escapa da prisão, Grim segue Blackthorn e acaba por se juntar a ela na sua missão, ainda que ele não goste (ou confie) nos seres encantados. É durante esta travessia que Blackthorn e Grim encontram a comitiva da princesa Flidais, que tinha sido convidada a visitar a corte de Oran, visita essa que decidiria se o casamento iria ocorrer ou não.

Depois disto tudo, torna-se difícil contar muito mais sem fazer spoilers muito grandes. Digamos que estes dois…amigos, se é que se podem caracterizar assim, fazem a sua viagem cumprindo as suas obrigações e acabam por descobrir uma cabana a precisar de muitas obras, que Grim vai reconstruir e que Blackthorn vai usar como casa onde vive e atende pessoas das aldeias próximas que precisem de ajuda.

Flidais e Oran, quando se conhecem, não se adoram, como esperado. E Bramble passou a odiar a sua dona e adora Oran. O porquê disto ter acontecido é O grande spoiler e está ligado ao título do livro.

Blackthorn salva várias pessoas, com a ajuda de Grim e o livro acaba com estes dois a fazerem uma equipa que mostra o quão importante eles são um para o outro. Mal posso esperar para saber qual será a próxima aventura de Blackthorn e Grim.

2 comentários:

  1. Adoro esta autora e estou curiosa com este novo livro! Só não o adquiri porque a minha pilha de livros por ler está gigante!!

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu dela só li um (o crime, não é?!), mas tenho vários na minha lista para ler xD
      Este acho que é um pouco diferente do normal, mas gostei bastante :)

      Beijinhos

      Eliminar

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.