cro

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Especial Halloween | TOP3 - Magia


O TOP 3 desta semana tem como tema a magia - não só está ligado ao Halloween como ao próprio blog. É um TOP conjunto, ao contrário dos TOPs anteriores. Decidimos que queríamos expandir um pouco o nosso horizonte e por isso dividimos este TOP em três categorias, como podem ver a seguir.


Carla

Não me conseguia decidir em que formato queria fazer este TOP relacionado com magia. É verdade que tenho um TOP focado em filmes (mas de terror), mas sentia que não ficaria satisfeita optando apenas por literatura, ou cinema ou televisão. Por essa razão, em vez de fazer os três favoritos sobre magia de literatura/cinema/televisão, decidi escolher o favorito de cada uma das categorias.


Esta parece uma escolha óbvia para a categoria de literatura. Há mais livros relacionados com magia que gosto bastante, mas nenhum consegue chegar aos pés de Harry Potter. O meu favorito dentro da saga é o A Ordem de Fenix, no entanto queria meter a saga como um todo porque Harry Potter não existe com apenas um livro... O mundo Harry Potter é o conjunto dos sete livros, a aventura que nos arrebatou em A Pedra Filosofal e nos levou até aos Talismãs da Morte. O magnífico desta saga é o imenso conteúdo que está fundido com a história de todas as personagens de Harry Potter. Mitologias, linguística, sendo apenas alguns exemplos. Mas para além destas coisas formais tem, também, lições extraordinárias. Harry Potter acompanhou a infância de muitos (a minha incluída), Harry e amigos cresceram connosco, e nós com eles, e aprendemos a força do amor, da amizade, que somos capazes de muito mais do que aquilo que pensamos inicialmente. A magia está dentro de cada um de nós. E mais do que tudo isto, Harry Potter foi a saga que me fez apaixonar pela literatura, e os primeiros livros que li sem ser obrigada e adorei.


Tal como aconteceu com Harry Potter, a Sabrina, a bruxinha adolescente (1996-2003) acompanhou a minha infância e adolescência. Quando era ainda uma criança pequena sonhava ser como a Sabrina... talvez um pouco menos propensa a desastres, mas queria ter a magia, as tias loucas, o gato que falava e as aventuras que ela vivia. Não cheguei a seguir a série na sua totalidade, mas não perdia um episódio na RTP2, se assim o pudesse evitar. Confesso que tenho saudades.


Uma vez que não queria repetir Harry Potter nesta categoria e porque Neverending Story (Wolfgang Petersen, 1984) entrou na minha vida muito antes da saga do pequeno feiticeiro, esta tinha que ser a minha escolha. Não tem o mesmo tipo de magia das escolhas anteriores, mas nunca me senti tão apaixonada por uma filme como por Neverending Story. Recordo-me de pedir aos meus pais para colocar o VHS (sim, porque nem sequer se sabia o que eram DVDs, na altura) deste filme vezes sem conta a dar. Enquanto outras crianças viam os filmes da Disney em loop, eu via Neverending Story. E a magia deste filme está no poder da literatura - e mesmo que na altura não tivesse uma grande ligação aos livros, talvez isto tenha sido um sinal que nunca tomei atenção; mas tem uma estória fantástica de amizade, força, magia e... mitologia por trás. Quem não conhece, por favor, vejam e deliciem-se. Um filme fantástico (no duplo sentido da palavra) com efeitos visuais algo "artesanais", mas que tornam o filme ainda mais extraordinário. 


Joana


É sempre difícil escolher um favorito mas aqui vai.


Não querendo repetir a Carla com o Harry Potter, que merece certamente vir como favorito, escolho antes Amante de Sonho, da Sherrylin Kenyon, que faz parte de uma colecção enorme (que continua a aumentar) que me foi apresentada pela Carla e da qual eu gosto muito: os Dark Hunters, ou Predadores da Noite na nossa tradução. Este livro (e os seguintes) apresenta um mundo como o nosso, no qual existem deuses, metamorfos, seres que nos invadem os sonhos, etc. A magia está muito presente nos poderes de cada personagem bem marcada nestes livros, trazendo um elemento de fantasia e do paranormal que agrada sempre à leitura.




Acho que a favorita é mesmo Supernatural. Com dois irmãos que têm uma vida na estrada a caçar monstros, como poderia não gostar? Dean e Sam Wincherster percorrem os EUA para lidar com mortes estranhas, demónios e anjos (com ajuda de Castiel, que forma o nosso trio), entre outras criaturas. A magia faz parte desta série no sentido em que temos bruxos, vampiros, etc, que decidem agir como querem e bem lhes apetece e que precisam de ser parados: “Saving People, Hunting Things- The Family Business”.



Eu, ao contrário da Carla, não resisti em colocar o Harry Potter nesta categoria. Os efeitos especiais, as histórias, os actores e as suas personagens, tudo nestes filmes, muito por causa dos livros, encanta-nos com a sua magia. O primeiro filme, Harry Potter and the Philosopher's Stone é sem sombra de dúvida o meu favorito, talvez por ser exactamente o primeiro, com aquela excitação e o início do que se mostrou uma grande aventura, seja com o hall decorado para o natal (ou para o halloween), ou com o primeiro jogo de Quidditch, etc, é um mundo a que é sempre bom voltar.



2 comentários:

  1. Adoro que o HP tenha entrado nas duas vertentes! Curiosamente ainda hoje mencionei tanto o Harry Potter como a Sabrina num post meu ahah.
    Óptimas escolhas, acho que ainda não o Never Ending Story, tenho de tratar disso este fim-de-semana.

    Marta Rodrigues, Majestic

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. HP é aquela base. Quem cresceu com este fantástico feiticeiro o teu em grande estima e não consegue ficar indiferente a qualquer que seja o seu formato. <3
      Neverending Story é sem dúvida um filme a ver. :P Depois diz-nos o que achaste :D

      Eliminar

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.