cro

sábado, 5 de setembro de 2015

[Restaurante] 100 Montaditos


Nome: 100 Montaditos Portugal
Morada: Pátio do Tijolo, 61, Príncipe Real, Lisboa
Site: http://spain.100montaditos.com/
Tipo: Sandes, saladas, aperitivos, tapas
Descrição:
A história começou no ano 2000, na pequena ilha de Islantilla, Huelva, com um conceito revolucionário, fácil, com ingredientes de alta qualidade e variedade, além de uma maneira divertida de fazer os pedidos, uma combinação que tem provado ser um sucesso completo. A aceitação por parte dos consumidores era e continua a ser tal que 100 Montaditos tem actualmente cerca de 350 restaurantes que operam em Espanha e cerca de 50 fora de nossas fronteiras em países como Itália, Portugal, Bélgica, Estados Unidos, México, Colômbia, Chile e Guatemala. As duas principais chaves do sucesso dos 100 Montaditos são o meio ambiente e o menu. Os 100 Montaditos conquistaram o mercado, tanto os consumidores para os quais alcançou a categoria de “love brand” como para os investidores, para os quais se converteu no conceito “driver”, um conceito que atrai o grande público. (descrição traduzida do site)

Opinião:
Os 100 montaditos são, como o nome indica, 100 tipos diferentes de sandes. Fui experimentar o 100 montaditos do Príncipe Real com um grupo de amigos, no qual se incluía gente que adorava ir lá e que tinha dito muito bem do sítio. Este restaurante tem origem em Espanha e expandiu fronteiras para países como Portugal, Itália, Bélgica, México, entre outros.

Começo por dizer que o espaço era bastante pequeno. Havia uma fila enorme onde nos deram uns papéis para escrevermos os números dos montaditos que queríamos escolher (além das sandes havia também saladas, tapas e outros aperitivos).


Tivemos bastante tempo à espera de mesa para o nosso grupo (éramos 9 pessoas) e as mesas são bastante pequenas.

Uma coisa que me fascinou (pela negativa) foi que se pedíssemos uma sandes, a quantidade de batatas que vinha no prato era maior que a quantidade que vinha se pedíssemos mais sandes de uma só vez. Eu percebo que queiram que paguemos as doses de batatas extras, mas o que decidi foi que se lá voltar (o que não planeio fazer em breve), é que vou fazer cada um dos meus pedidos individualmente.


Os empregados estavam a apressar-nos, ainda tínhamos comida nos pratos e bebidas nos copos e eles queriam levantá-los, foi inacreditável.

Se for a fazer a avaliação só pela comida, disso não tenho razões de queixa: os montaditos que comi estavam saborosos, bem temperados, o pão era estaladiço. Mas não é só da comida que um restaurante sobrevive. Ainda há poucos dias comentava que se existir um sítio onde a comida é boa e as pessoas são super simpáticas, de certeza voltarei mas se for um sítio onde a comida é excelente mas as pessoas apressam, não nos tratam tão bem, a probabilidade de voltar é muito, muito reduzida.

E com isto digo que o espaço do restaurante precisa de ser melhorado, os empregados precisam de ter mais calma com os clientes e a comida, bem essa só tem de manter a qualidade que tem e talvez ter mais batatas por dose x)



*Fotografias retiradas do facebook e do zomato

2 comentários:

  1. Ainda não fui lá mas agora com a abertura no Saldanha talvez acalme um pouco! Quero muito ir *.*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ser que sim, no Saldanha até não me importava de ir experimentar! Podemos combinar e vamos lá todas juntas :D

      Eliminar

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.