cro

terça-feira, 19 de maio de 2015

[Livro] Amor Verdadeiro, Jude Deveraux


Título Original: True Love
Título em Português: Amor verdadeiro
Série: Nantucket Brides Trilogy #1
Autor(a): Jude Deveraux
Editora: Quinta Essência
Páginas: 496
Data de Publicação: Abril 2015

buy the book from The Book Depository, free delivery
Sinopse:
A história romântica de um amor tão intenso que resiste aos séculos Quando Alix Madsen está a terminar a faculdade de arquitetura, Adelaide Kingsley morre e deixa-lhe em testamento o usufruto, por um ano, de uma encantadora casa do séc. XIX em Nantucket. A relação da idosa com a família Madsen é um mistério para a voluntariosa Alix –que terminou há pouco uma relação -, mas Alix aceita o estranho legado, em parte porque lhe dá tempo para planear o casamento da sua melhor amiga. Porém, forças invisíveis movimentam-se nos bastidores, fazendo ranger as tábuas antigas da Casa Kingsley. Parece que Adelaide Kingsley tinha uma tarefa bastante específica para Alix: resolver o estranho desaparecimento de uma das mulheres da família Kingsley, Valentina, há mais de duzentos anos. Como se isso não fosse suficientemente perturbador, Alix tem ainda de lidar com o arrogante (e extremamente bem-parecido) arquiteto Jared Montgomery, que vive no anexo da casa. Sem o conhecimento de Alix, Jared foi incumbido de olhar por ela enquanto está na ilha - tarefa fácil para ele, considerando a inegável química entre os dois. Mas Jared tens os seus segredos que, se revelados, podem cavar um fosso entre ambos. Com um glorioso casamento de Nantucket no horizonte, há faíscas no ar e os fantasmas do passado começam a mostrar-se - alguns deles mesmo a sério. Vendo as suas vidas intimamente entrelaçadas com os destinos turbulentos dos seus antepassados, Alix e Jared descobrem que apenas corrigindo os erros do passado podem esperar ficar juntos. Alix Madsen recebeu uma herança estranha: a velha Adelaide Kingsley deixou-lhe o usufruto durante um ano da sua encantadora casa do século XIX, em Nantucket. Embora a relação da idosa com a família Madsen seja um mistério para ela, Alix aceita. Em breve irá perceber que Adelaide Kingsley lhe confiou uma tarefa muito específica: resolver o misterioso desaparecimento de uma das mulheres da família, Valentina, que ocorreu mais de duzentos anos antes. Como se isso não bastasse, Alix tem de lidar com o arrogante - e lindo - arquiteto Jared Montgomery, que mora no anexo dos hóspedes.

Opinião:
Eu quero tanto dizer coisas boas acerca deste livro… Eu gostei bastante mas tenho uma crítica enorme a fazer… Este livro é praticamente igual ao “Jardim de Alfazema”, da mesma autora. Vou dar-vos uns exemplos:

Jardim de alfazema:
- Morre uma senhora e deixa uma casa a uma jovem, numa cidade onde toda a gente é família.
- Há um homem famoso que a dita jovem admira nessa cidade.
- Há uma história a descobrir na cidade e é a jovem que tem que descobrir a verdade
- Nessa cidade há mulheres que rapidamente se tornam melhores amigas da jovem.
Amor Verdadeiro:
- Morre uma senhora e deixa uma casa a uma jovem, numa cidade onde toda a gente é família.
- Há um homem famoso que a dita jovem admira nessa cidade.
- Há uma história a descobrir na cidade e é a jovem que tem que descobrir a verdade
- Nessa cidade há mulheres que rapidamente se tornam melhores amigas da jovem.

Serão semelhanças suficientes? Estava sempre a ter um flashback de história de Joce e Luke, os protagonistas de “Jardim de Alfazema”, em vez de seguir apenas a história de Alix e Jared, as personagens principais de “Amor Verdadeiro”.

Apesar disso, e como podem ver se forem espreitar a minha estante no Goodreads, eu gostei bastante do Jardim de Alfazema. E talvez por isso tenha gostado tanto deste livro, apesar de tudo o que poderia ter contra ele – inovação não é o ponto forte, como podem perceber.

A história até tinhas uns pontos diferentes e que gostei bastante, incluindo um fantasma mais real que qualquer fantasma que já tenha lido, uma mãe que apesar das festas e doidices todas acaba por ter um coração de ouro, um pai carinhoso que merece todo o amor que teve noutra vida e um paralelo com vidas passadas que nos prende do início ao fim.

A escrita de Jude é, como sempre, divertida e coerente, com um espírito alegre e cativante.

Faço apenas mais uma crítica, neste caso directamente à tradução portuguesa: encontrei vários erros, tanto ortográficos como de construção frásica (erro esse que não estava presente no original).

Depois de uma crítica destas parece que seria difícil dar um rating a este livro, não?

Pelo contrário: desde que o acabei que sei que merece, apesar de tudo, as 4 bolachas bem completas! Porque mesmo tendo um plot super semelhante a outra obra da autora, eu sou uma eterna fã da Jude Deveraux, adoro histórias de cidades em que todos são família e onde se vê que haverá uma continuação onde poderemos rever as nossas queridas personagens e acima de tudo, gosto de uma escrita fluída que me ligue às personagens e à história, fazendo com que eu consiga imaginar quase na perfeição, tudo o que se passa, desde as belas casas de Nantucket onde se desenrola a acção deste livro, até ao aspecto físico, mental e emocional de cada personagem.

Um romance divertido e que apaixona pelas histórias de cada um dos habitantes (e amigos dos habitantes) desta ilha de Nantucket.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.