cro

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

[Filme] Quarteto Fantástico, de Josh Trank


Título Original: Fantastic Four
Título em Português: Quarteto Fantástico
Realização: Josh Trank
Argumento: Jeremy Slater (screenplay), Simon Kinberg (screenplay), Josh Trank (screenplay), Stan Lee (Marvel comic book), Jack Kirby (Marvel comic book)
Elenco Principal: Miles Teller, Kate Mara, Michael B. Jordan
Ano: 2015 | Duração: 100 min

Sinopse:
QUARTETO FANTÁSTICO, numa re-invenção contemporânea da equipa de super-heróis original e mais antiga da Marvel, esta história centra-se em quatro jovens que se teletransportam para um universo alternativo e perigoso, alterando de maneira chocante a sua forma fisica. Com as suas vidas irrevogavelmente alteradas, a equipa deve aprender a aproveitar as novas habilidades e trabalhar em conjunto para salvar a Terra de um velho amigo que se tornou inimigo.

Opinião:
Mais um filme da Marvel que estreou e que quis ir ver. Tinha esperanças que não fosse muito mau, mas…

Este filme leva-nos à transformações dos heróis conhecidos como o quarteto fantástico quando não passam de jovens. E talvez isso tenha sido uma das razões pelas quais achei o filme tão pobre.

As personalidades de cada um foram muito pouco desenvolvidas, a história individual de cada personagem também ficou no escuro… A única coisa melhor foi os efeitos especiais.

Gostei da maneira como explicaram minimamente como cada um conseguiu os seus poderes (que não vou dizer aqui para não fazer spoiler).

Acima de tudo, foi difícil associar aqueles actores a personagens que já conhecia com outros actores e, para mim, o Mr. Fantastic será sempre o Ioan Gruffudd:


Resumindo, um filme que me desiludiu em praticamente todos os seus aspectos.

7 comentários:

  1. Que dor no coração ver o meu Milezinho nesta porcaria de filme :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já viste este, Mafi? Não houve assim nenhum actor que pudesse dizer "este safa-se", nem isso :(

      Eliminar
  2. Só tenho lido críticas negativas em relação ao filme. O único ponto positivo é mesmo a explicação dos poderes. Li ainda que o vilão apareceu muito pouco e que a batalha foi confusa (ou chata?). Ainda não vi o novo filme, mas também associo facilmente as personagens aos antigos actores e, mesmo assim, os dois filmes que fizeram não foram de especial.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, a explicação é a única coisa que está melhorzita. Sim, o Doom apareceu pouco e foi um bocado meh. Sim, nenhum dos filmes foi nada de mais, mas mesmo assim foram melhores que este.

      Eliminar
  3. Sei que vou acabar por ver (em casa, não no cinema), porque é o tipo de filme que o meu namorado gosta, e já que ele me faz as vontades e vê os filmes que eu gosto, se que vou acompanhá-lo nesse... No entanto não é um filme que me desperta grande curiosidade. Dos outros filmes acho que nunca vi nenhum inteiro, mas acabei por associar também cada personagem aqueles atores, e não sei se conseguirei vê-los de outra forma. Mas eu gosto muito de ver o início das coisas (por isso os primeiros livros costumam ser os meus favoritos e adoro flashbacks) portanto até pode sr que me surpreenda...
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu ainda tinha esperanças porque também gosto muito de saber os inícios mas este coitado...Como digo em cima, só a explicação dos poderes está mais gira, o resto, as personagens..bah. É difícil conseguirmos ver filmes que já imaginamos sempre com um conjunto específico de actores :/
      Quando vires depois diz o que achaste :)

      Beijinhos :)

      Eliminar
  4. Venho aqui só destabilizar a conversa de associar caras a personagens: quem é whovian e adora filmes de James Bond torna-se relativamente imune à ideia de associar exclusivamente uma cara a uma personagem. LOL no entanto, nunca achei que o elenco tivesse sido muito bem escolhido (não estou a tirar o mérito a ninguém, mas coise) ainda não vi o filme, mas quero ver porque...tem que ser. Não gostei muito do filme com o Ioan, Alba e companhia, mas adorava ver os desenhos animados. Não me admira a crítica e rating da Joana, uma das razões porque não sou a favor das alterações de enredo que fizeram.

    -- Carla

    ResponderEliminar

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.