cro

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

[Livro] Guerreiro dos Sonhos, de Sherrilyn Kenyon


Título Original: Dream Warrior
Título em Português: Guerreiro dos sonhos
Série: Drem-Hunters #4 (Dark Hunters Universe #16)
Autor(a): Sherrilyn Kenyon
Editora: Chá das Cinco
Páginas: 288
Data de Publicação: 7 de Agosto de 2015

buy the book from The Book Depository, free delivery
Sinopse:
Filho de deuses violentos, Cratus passa os tempos da sua eternidade a lutar em nome dos deuses antigos que o trouxeram à vida. Ele é a morte personificada a quem quer que se atravesse no seu caminho. Até ao dia em que baixou os braços e simplesmente não lutou mais, impondo um auto exílio. É então que um antigo inimigo liberta as suas forças e usa os sonhos humanos como campo de batalha. A única esperança da humanidade reside precisamente naquele que se recusa continuar a lutar: Cratus. Sendo uma Caçadora de Sonhos, Delphine passou a eternidade a combater os predadores que se alimentam do nosso estado inconsciente. Mas os seus aliados voltam-lhe as costas e ela sabe que, para sobreviver, os Caçadores de Sonhos precisam de um novo líder: alguém que os oriente e ensine a lutar contra os novos inimigos. Cratus é a sua única esperança. No entanto, é Delphine a amarga recordação que fez Cratus baixar os braços...

Opinião:
Como já podem ter reparado por outras críticas aqui e aqui no blog, gosto muito da Sherrylin Kenyon e a minha série favorita dela é mesmo os Predadores da Noite (eu não vou fazer distinção entre os predadores da noite, os predadores de sonhos, etc. – para mim são um todo).

Apesar de os últimos dois ou três livros dela que foram publicados em Portugal me terem desiludido um bocado, este trouxe, sem sombra de dúvida, a glória desta colecção de volta!

Uma amiga da blogosfera apontou que o que melhorou este livro foi o facto de não ser um “Predadores da Noite” mas um de “Predadores de Sonhos”. Sou sincera, não consigo apontar isso como sendo o que mais me agradou. Acho que foi o facto de este livro ser refrescante por aquilo que trouxe, com novas personagens que nos prenderam com aquilo que os atormentava e com os seus desejos.

Gostei imenso de Cratos (ou Jericho, como quer ser chamado), o nosso herói. Teve um passado difícil e injusto, como já estamos habituadas com esta série (qual o mais atormentado?). Mas o facto de a base da história pode ser, se não a mesma então muito semelhante, não quer dizer que não tiremos prazer desta leitura.

Delphine foi uma personagem de que gostei bastante, era carinhosa e forte, uma mulher que sabia cuidar de si própria, como todas as mulheres dos nossos deuses e predadores.

Os deuses gregos aqui, mais que nos outros livros, meteram-me mais raiva que sabe-se lá o quê. As únicas que se safaram (uma mais que a outra) foram Ártemis e Nice. Ártemis, já conhecemos de outros livros (ganhámos-lhe um ódio de estimação), já Nice, a deusa da vitória, foi uma nova aquisição ao grupo de deuses que passámos a conhecer neste universo. Nice, irmã de Cratos, foi a única que sempre acreditou que ele foi injustiçado e que não merecia o que lhe aconteceu, mas mesmo assim não arriscou procurar o irmão durante os muitos séculos que estiveram afastados. Já Ártemis, com Hades, Atenas, Eros e Psique, apoiaram a missão de Cratos, Delphine e os Oneroi (os predadores de sonhos), para deter o “novo” vilão, Noir, e Azura, a sua parceira.

Não querendo contar muito da estória, refiro apenas que este foi um livro cheio de aventuras, onde finalmente aprendemos mais sobre personagens que nos intrigavam (ou pelo menos a mim) à muito tempo, como Jaden (bem queria um livro só dele!). Deu para rever algumas das nossas personagens mais queridas, como Ash (Aqueron para quem não o conhece) e a sua mulher Soteria, Nick, que ganha alguma importância apesar de aparecer muito pouco no livro, entre outros.

Concluindo, um livro que gostei muito e devorei em poucas horas :)


Só em Sonhos (Dark Hunters #14) (Carla)
Acheron (Dark Hunters #15) (Joana)
• Guerreiro dos Sonhos (Dark Hunters #16) (Joana)

2 comentários:

  1. Ainda tenho aqui o primeiro por ler, mas só oiço maravilhas desta saga ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se gostas de sobrenatural e alguma sensualidade, tens mesmo que ler. Somos as duas grandes fãs e apesar de a saga já ter tido alguns momentos baixos, consegue ainda nos deixar agarradas às suas estórias e a querer continuar a seguir :D

      Eliminar

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.