cro

sábado, 10 de dezembro de 2016

[Livro] As piores intenções, de Elizabeth Hoyt

 Ler em Português      Read in English


Título em Português:As piores intenções
Série: Maiden Lane #1
Autor(a): Elizabeth Hoyt
Editora: Quinta Essência
Páginas: 392
Data de Publicação: 3 de Maio de 2016

buy the book from The Book Depository, free delivery
Sinopse:
Famoso pelos seus desejos selvagem e sensuais, Lazarus Huntington, Lorde Caire, anda à procura de um assassino cruel em St. Giles, o bairro da lata mais famoso de Londres. A viúva Temperance Dews conhece St. Giles como a palma da mão - passou a maior parte da vida a cuidar dos seus habitantes no lar de órfãos que a sua família estabeleceu. Agora essa casa está em risco. Caire faz uma oferta simples: em troca da ajuda de Temperance para navegar os becos perigosos de St. Giles, ele irá apresentá-la à alta sociedade de Londres para que ela possa encontrar um benfeitor para o lar. Mas Temperance pode não ser tão inocente como parece, e o que começa por ser um calculismo frio em breve se transforma numa paixão que nenhum deles pode controlar - e que pode muito bem destruir ambos.


Opinião:
Não sabia bem o que esperar deste livro, mas certamente não foi o que encontrei.

Esta história não me cativou. Não quer dizer que estivesse mal escrita, ou que fosse até uma história má, simplesmente não foi apelativa o suficiente.

Temperance é uma mártir (ou comporta-se como tal) e a tendência da autora para nos relembrar disso ao longo de todo o livro através das interacções com Lazarus chega a um ponto em que é irritante.

Lazarus...nem sei o que dizer dele. É uma personagem interessante mas que não se enquadra propriamente no cenário de época que foi criado pela autora.

Pessoalmente, acho que toda a história teria sido muito interessante se fosse uma história contemporânea. Não quer dizer que o que se o Lazarus gosta (que eu não vou dizer o que é, caso queiram ler o livro) não fosse possível na época, mas toda a sua ligação a Temperance é um demasiado estranha para a época.

No geral, foi uma história que soube a pouco e que acabou por não me atrair minimamente.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.