cro

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

[Livro] Wild Wicked Scot, de Julia London

 Ler em Português      Read in English


Título em Português:--
Série: Highland Grooms #1
Autor(a): Julia London
Editora: Harlequin Books
Páginas: 352
Data de Publicação: 27 de Dezembro de 2016

buy the book from The Book Depository, free delivery
Sinopse:
Wicked intrigue unfolds as an unlikely marriage leads to a path of risky desire in the lush, green Scottish Highlands.
Born into riches and groomed in English luxury, Margot Armstrong didn't belong in a Scottish chieftain's devil-may-care world. Three years ago she fled their marriage of convenience and hasn't looked back—except to relive the moments spent in wild, rugged Arran McKenzie's passionate embrace. But as their respective countries' fragile unity threatens to unravel, Margot must return to her husband to uncover his role in the treachery before her family can be accused of it.
Red-haired, green-eyed Margot was Arran's beautiful bride. Her loss has haunted him, but her return threatens everything he has gained. As the Highland mists carry whispers of an English plot to seize McKenzie territory, he must outmaneuver her in games of espionage…and seduction. But even as their secrets tangle together, there's nothing to prevent love from capturing them both and leading them straight into danger.
~ Recebemos este livro em troca de uma opinião honesta. Obrigada! ~

Opinião:
Wild Wicked Scot traz-nos a história de uma menina mimada que não se sabe impor e que, para dizer a verdade, não sabe bem o que quer da vida. Isto é, até voltar para a casa do marido, três anos depois de se ter afastado deste.

Margot é daquelas personagens que é difícil gostarmos, pelo menos durante parte do livro. Há uma pequena evolução, mas é uma pena que ela não confie no Arran – percebe-se que não o faça logo de início mas assim que houvesse uma pequena, ínfima abertura, ela devia ter aproveitado. Apesar disso, lá se consegue ir redimindo aos poucos, chegando ao fim do livro muito mais forte do que era.

Arran é incrível. É um book-boyfriend de sonho, desde o início ao fim. Faz de tudo para integrar Margot e ama-a profundamente, sentindo-se traído quando ela o abandona. Não é de estranhar que quando ela aparece de surpresa, três anos depois, ele desconfie.

Todo o livro é um construir de confiança entre as personagens mas também entre o leitor: queremos o melhor para Arran e durante algum tempo não sabemos se Margot será a pessoa ideal, mas à medida que vemos o quanto mudou da “criança” que era na altura do casamento, começamos a compreendê-la um pouco melhor e queremos dar-lhe uma hipótese.

O (pouco) mistério que o livro tem acaba por ser um simples enredo para unir os amantes e trata-se simplesmente de um caso de ser preso por ter cão e por não o ter.

No fim, tudo resolvido, com um restaurar difícil de confiança e um amor que cresce agora com mais força e vontade de sobrevivência. Foi um livro que me manteve agarrada durante quatro dias, que foi o (pouco) tempo que o demorei a ler. Um tempo bem passado com muito romance e uma luta por honra e um amor que sempre vale a pena reconquistar.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.