cro

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

[Filme] Lights Out - Terror da Escuridão, de David F. Sandberg

 Ler em Português      Read in English



Título em Português:Lights Outs - Terror da Escuridão
Realização: David F. Sandberg
Argumento: Eric Heisserer (screenplay), David F. Sandberg (based on the short film by)
Elenco Principal: Teresa Palmer, Gabriel Bateman, Maria Bello
Ano: 2016 | Duração: 1h 21mins
Sinopse:
Quando Rebecca saiu de casa, ela julgou que tinha deixado os seus medos de infância para trás. Durante toda a sua vida, nunca teve realmente certeza do que era, ou não, verdadeiro assim que as luzes se apagavam… e agora o seu irmão mais novo, Martin, está a viver os mesmos inexplicáveis e aterradores episódios, que outrora testaram a sua sanidade e ameaçaram a sua segurança. Uma entidade assustadora, com uma misteriosa ligação à mãe dos irmãos, Sophie, reaparece. Assim, à medida que Rebecca aprofunda a investigação e chega mais perto de desvendar a verdade, as suas vidas passam a estar em perigo… assim que as luzes se apagam.

Opinião da Carla:
Eu já disse aqui no blog, mais do que uma vez, que filmes de terror são o meu tipo de filme favorito. Sinceramente, não sei porque o digo, uma vez que consigo contar pelos dedos de UMA mão os que realmente são bons.

Por esse motivo, decidi ir ver o Lights Out - parecia me ter uma premissa interessante e lá fui. Achei aborrecido, ao ponto que cheguei a fechar os olhos uns minutinhos, apesar de não ter adormecido totalmente. O filme é bastante previsível, não tem assim tantos momentos assustadores. Alias, não acho que seja assim tão assustador.

Custa-me fazer uma crítica tão pequena, mas não sei o que dizer do filme que passado poucos dias pouco me lembro dele. Vê-se bem, sem grande alarido, mas aborrecido e fraco, para o género.





Opinião da Joana:
Fomos ver este filme nos anos da Carla....e acho que foi uma desilusão. Eu, ao contrário da Carla, não gosto de filmes de terror, mas acho que sei dizer quando um é minimamente bom. O que não foi o caso.

Correndo o risco de copiar a Carla, é um filme que deixa muito pouco, também já não me lembro bem, e foi algo aborrecido. Deixou muito a desejar, não mexe muito com a nossa cabeça (tirando talvez alguns sons que podiam mexer com pessoal que tenha uma imaginação hiperactiva).

Também será uma crítica pequenina porque não há mais a dizer.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.