cro

sábado, 27 de agosto de 2016

[Livro] Amor em Quarto Crescente, de Sherrilyn Kenyon

 Ler em Português      Read in English


Título em Português: Amor em Quarto Crescente
Série: Dark-Hunter #17
Autor(a): Sherrilyn Kenyon
Editora: Saída de Emergência/Chá das Cinco
Páginas: 384
Data de Publicação: 22 de Julho de 2016

buy the book from The Book Depository, free delivery
Sinopse:
Fang Kattalakis não é apenas um mero lobo. É o irmão de dois dos mais poderosos membros do Omegrion: o concelho que rege as leis dos Predadores de Homens. E quando a guerra irrompe entre os licantropos, todos terão de escolher um lado e inimigos são forçados a aceitar frágeis alianças. Mas quando a mulher que Fang ama é acusada de trair o seu povo, a sua única esperança é que Fang acredite nela. Para a poder salvar, Fang terá de quebrar a lei da sua raça e virar as costas aos irmãos. Uma fratura que poderá ditar o fim de ambas as raças e mudar o mundo para sempre…


Opinião:
Que saudades dos livros da Sherrilyn Kenyon! Ainda bem que a Saída de Emergência os continua a publicar, ainda que seja com demasiado tempo entre cada um, na minha perspectiva.

Como sempre, gosto imenso da mitologia que envolve todos os livros e neste não é excepção. Gostei da história mitológica que está na base de cada personagem, bem-criada como sempre.

O universo deste livro é talvez um pouco diferente, pois trata não exactamente dos predadores da noite, apesar de eles aparecerem no livro, mas antes dos predadores do Homem. Fang é um predador do Homem que se transforma em lobo e quando ele e os seus irmãos vão ao Santuário, um bar em que todos os seres podem entrar desde que cumpram as regras básicas (que incluem, entre outras, não lutarem entre si), ele conhece Aimee, uma predadora do Homem, que é uma ursa e que é a única a transmitir a linhagem de urso da família – o que é um ponto importante no livro.

Aimee, como já estamos habituados com os livros desta autora, é uma mulher forte, corajosa, que sabe bem o que quer e está disposta a lutar por isso – e é o que eu mais gosto nela. Fang também tem muitos pontos positivos, desde a sua lealdade ao irmão que protege, à maneira como se relaciona com a Aimee e como os vemos no livro. A união destas duas personagens é das melhores partes do livro, lado a lado com a parte supernatural, que se imiscuí nesta relação e que traz ao de cima problemas com que todos nos relacionamos.

Uma série que irei continuar a ler pois continua a instigar a minha imaginação e curiosidade sobre este mundo paranormal e as suas personagens que aprendemos a gostar tanto.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.