cro

terça-feira, 13 de setembro de 2016

[Livro] Nirvana, de J.R. Stewart

 Ler em Português      Read in English


Título em Português: --
Série: Nirvana #1
Autor(a): J.R. Stewart
Editora: Blue Moon
Páginas: 186
Data de Publicação: 10 de Novembro de 2016

Sinopse:
When the real world is emptied of all that you love, how can you keep yourself from dependence on the virtual?

Animal activist and punk rock star Larissa Kenders lives in a dystopian world where the real and the virtual intermingle. After the disappearance of her soulmate, Andrew, Kenders finds solace by escaping to Nirvana, a virtual world controlled by Hexagon. In Nirvana, anyone’s deepest desires may be realized - even visits with Andrew.

Although Kenders knows that this version of Andrew is virtual, when he asks for her assistance revealing Hexagon’s dark secret, she cannot help but comply. Soon after, Kenders and her closest allies find themselves in a battle with Hexagon, the very institution they have been taught to trust. After uncovering much more than she expected, Kenders’ biggest challenge is determining what is real – and what is virtual.

Nirvana is a fast-paced, page-turning young adult novel combining elements of science fiction, mystery, and romance. Part of a trilogy, this book introduces readers to a young woman who refuses to give up on the man she loves, even if it means taking on an entire government to do so.
~ Recebemos este eARC através do NetGalley. Thank You! ~

Opinião:
Eu nem sei ao certo o que estava à espera de Nirvana, apesar do nome apelativo. Primeiro que tudo, eu recebi este livro através do NetGalley, mas não foi um request que tenha feito. Acho que foi uma espécie de “oferta”. Por falta de tempo, a leitura deste livro foi sendo adiada, por que não era nada que me despertasse muito o interesse.

Eu comecei a ler o livro quase sem ter lido, sequer, a sinopse. Eu já a tinha lido há uns meses (quando recebi o eARC), mas acabei por o esquecer e entrei na estória completamente à deriva. E confesso que o início foi terrivelmente confuso porque nunca tinha a certeza quem estava a falar e depois de quem estava a falar. (Confuso? Ya, para mim também foi.) Passando essa fase e conseguindo entrar na estória, comecei a sentir uma leve sensação de devà vu. Em Nirvana temos a criação de uma realidade virtual tão intensa e imersiva que as pessoas começam a usar isso como escape para o mundo real – uma Terra onde tudo desapareceu depois da extinção da abelhas. O que isto me lembra? Elusion, onde a premissa base era a mesma. É certo que rapidamente se distancia deste, mas a sensação ficou lá.

Pelo o que percebi, Nirvana é o primeiro livro de uma série e, de certa forma, ainda bem, porque o final ficou completamente em aberto. No entanto, sinto que o livro andou sempre de volta da mesma coisa (e acaba praticamente como começou) que mais parecia um cão atrás do rabo – ou seja, não vai a lado nenhum. Gostei, mas não me surpreendeu e não consegui ligar com as personagens. Achei pouco realista (independentemente da realidade em questão), personagens sem grande desenvolvimento e estória que não avança. Falta qualquer coisa.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.